logoexposicao
logocnccr
NÚCLEO 03
Governação Republicana
Primeiros sucesso, grandes
desilusões (1913-1917)
nucleo03_img_01
nucleo03_img_02
nucleo03_img_03

1913

Tomada de posse do 1.º Governo de Afonso Costa.

Revolta radical. Encerrada a Casa Sindical.

Criação do Ministério da Instrução Pública.

Fundação das Escolas Móveis, colmatando faltas de escolas fixas em muitas freguesias do país.

1913

Tentativa de revolução monárquica liderada por João de Azevedo Coutinho.

Crise financeira leva ao desaparecimento do Banco Lusitano e do Banco Mercantil de Lisboa.

1914

Greve geral dos caminhos-de-ferro. Durante todo o mês, desencadearam-se várias greves de solidariedade com os ferroviários.

Toma posse um novo Governo chefiado por Bernardino Machado.

No Congresso Operário de Tomar é criada a UON (União Operária Nacional).

1914

Publica-se em Coimbra A Nação Portuguesa, órgão do Integralismo Lusitano.

Declaração parlamentar sobre o alinhamento português no conflito europeu: nem neutralidade, nem beligerância.

Tumultos e assaltos a estabelecimentos comerciais em Lisboa e no Porto.