logoexposicao
logocnccr
NÚCLEO 04
Primeira Grande Guerra
O palco internacional
da República
nucleo04_img_03
nucleo04_img_02
nucleo04_img_01

1914

O arquiduque Francisco Fernando da Áustria e sua mulher são assassinados em Serajevo por um revolucionário bósnio.

A Áustria-Hungria declara guerra à Sérvia.

A Alemanha declara guerra à França e invade a Bélgica. Inicia-se a Primeira Grande Guerra.

1914

Declaração parlamentar sobre o alinhamento português no conflito europeu: nem neutralidade, nem beligerância.

1916

Requisição, por Portugal, dos barcos alemães estacionados em águas portuguesas.

1916

Governo de “União Sagrada” junta democráticos de Afonso Costa e evolucionistas de António José de Almeida

Chegada de recrutas portugueses a Tancos para receberem treino militar.

1916

Afonso Costa, ministro das Finanças, e Augusto Soares, ministro dos Negócios Estrangeiros, exigem na Conferência Económica dos Aliados, em Paris, a entrega de Quionga (Moçambique), ocupada pelos alemães desde 1894.

O Governo britânico convida formalmente Portugal a tomar parte activa nas operações militares dos Aliados.